top of page
Buscar
  • Foto do escritorFabiana Salgado

Energia fotovoltaica: como funciona?

Atualizado: 13 de jul. de 2023

A situação do clima, não apenas no Brasil, piora a cada dia. De fato, apesar das diversas reuniões entre os países para debater as condições climáticas, os mesmos nunca conseguem cumprir as metas que os acordos estabelecem. Por isso, a sociedade está entrando na luta contra essa situação, procurando saber mais sobre como funciona a energia fotovoltaica, e assim entendendo tudo sobre o tema.


Embora a questão ambiental seja mais importante, é o aspecto econômico que leva a maioria das pessoas a optarem pela instalação do sistema em suas residências. Com efeito, a economia com a fatura de energia pode chegar aos 95%, conforme informação da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR).



Como ocorre a produção da energia solar


Só para ilustrar com uma pequena descrição, o termo eletricidade indica uma força que surge em decorrência do movimento acelerado dos elétrons, uma das partículas do átomo. Assim, a energia fotovoltaica (luz+volt) é uma transformação da luz solar em eletricidade, e aparece como um efeito da luz solar nos elétrons do material existente no painel ou placa solar.


O material da placa solar é um semicondutor feito, na maioria deles, de silício, mas outros materiais já estão sendo desenvolvidos pela indústria, visando diminuir o custo de implantação. Nesse sentido, o conhecimento de como funciona a energia fotovoltaica favorece também a pesquisa científica.


A corrente elétrica que se cria a partir da luz solar é uma corrente contínua, que não é a mesma que as concessionárias utilizam. Por isso, entra em ação o segundo componente do kit solar, o inversor. Desse modo, a função do inversor é similar à de um transformador, alterando a corrente contínua para uma corrente alternada.


Portanto, o painel e o inversor são os principais elementos formadores do sistema. Logo, são eles que determinam como funciona a energia fotovoltaica. A produção desses componentes avança rapidamente, acompanhando a necessidade e o crescimento do mercado de energia solar. Hoje em dia, existem diferentes modelos com capacidade de geração também distintas.


Como funciona a energia fotovoltaica: desvantagens


Em primeiro lugar, a energia solar, assim como outras fontes de energia limpa e renovável, é uma necessidade que se fará mais intensa no decorrer dos próximos anos.

Como resultado, logo ela deixará de ser uma opção para se tornar uma obrigação.


Contudo, alguns aspectos podem surgir como negativos na maneira como funciona a energia fotovoltaica. Um deles é o espaço necessário para a instalação dos painéis, que causa uma alteração no desenho da residência. É mais uma questão estética do que técnica. Além disso, é provável que as casas do futuro já sejam construídas com esse detalhe em consideração.


Outro fator que ainda afasta possíveis usuários é o preço do sistema, mesmo que já tenha caído bastante nos últimos anos. Aliás, a tendência é que diminua muito mais com a popularização do uso, bem como em função da criação de equipamentos mais modernos e eficientes.


O financiamento de um projeto fotovoltaico recebe constantemente novas linhas de crédito para viabilizar o sistema para pessoas de menor renda. Ademais, esse financiamento se paga com a redução da conta de energia. De tal forma que, como o financiamento normalmente dura quatro ou cinco anos, enquanto as placas solares trabalham, em média, 25 anos, a instalação passa a ser um investimento ao invés de uma despesa.


Por fim, temos como ponto negativo a queda de produção nos períodos nublados e noturnos. Entretanto, é preciso lembrar que com o sistema interligado à rede, nesses horários o consumidor utiliza o que produziu a mais em condições normais. Além disso, com o desenvolvimento de novas e mais baratas baterias, esse obstáculo à energia solar tende a desaparecer.


Pontos a favor da energia fotovoltaica


Um dia, espero poder dizer que a principal motivação do uso da energia solar seja a questão ambiental. Por outro lado, como vivemos na era do capital, a economia que o sistema gera na conta de luz ainda é a grande motivadora do progresso. Temos, então, outro aspecto de como funciona a energia fotovoltaica, ou seja, o lado financeiro. Afinal, esse aspecto positivo elimina o problema do preço alto para a instalação do sistema.


O baixo custo de manutenção favorece o sistema de energia solar. Com o objetivo não apenas de diminuir a manutenção, mas também de aumentar a durabilidade. Os painéis solares são autolimpantes, com uma película protetora que impede que a sujeira se acumule. Assim sendo, apesar de sua alta duração, a manutenção é praticamente zero. Portanto, você precisará apenas de uma revisão ocasional no sistema elétrico.


Ainda no aspecto financeiro, a valorização do imóvel também conta positivamente. Em outras palavras, o valor gasto com a instalação do sistema de energia solar é incluído no valor do imóvel, de forma automática.


O despertar da consciência ambiental é um benefício coletivo, que mostra como funciona a energia fotovoltaica no desenvolvimento dessa responsabilidade social. Embora a maioria das pessoas não tenham essa preocupação, logo chegará o tempo em que todos serão forçados a mudar de postura, pela força natural dos acontecimentos.


Considerações finais sobre como funciona a energia fotovoltaica: um investimento útil e seguro


A energia solar, apesar de não ser um conceito novo, ainda está engatinhando como uma perspectiva de energia alternativa. Principalmente no Brasil, onde as novas tecnologias demoram a se instalar. De fato, algumas baterias mais modernas e, por conseguinte, mais potentes, ainda não são comercializadas por aqui.


Contudo, uma vez que ocorra essa aceitação do sistema por parte da população, o crescimento da instalação de sistemas de energia solar será bem mais rápido. Na verdade, uma residência que gera a sua própria energia foge do domínio das concessionárias que, com o apoio dos governos, transferem até os prejuízos da má gestão para as contas de energia.


Por isso, entender como funciona a energia fotovoltaica vai muito além de conhecer os componentes físicos que formam o sistema, bem como o funcionamento deles. Em suma, esse conhecimento significa compreender, finalmente, que as energias limpas e renováveis são o único caminho para a permanência das futuras gerações da espécie humana no planeta.


Seja como for, mesmo no aspecto puramente financeiro (aproveite para ler o artigo ‘Posso ganhar dinheiro com energia solar?’), a energia solar é um investimento seguro, de retorno garantido. Nesse meio tempo, já possibilitou a criação de diversas empresas, como a SolarMarket, que geram novos negócios e empregos, enquanto ajudam a desenvolver a consciência ambiental por meio de artigos como este.


21 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page