top of page
Buscar
  • Foto do escritorFabiana Salgado

Como fazer um orçamento energia solar

Atualizado: 13 de jul. de 2023

Quando se fala em orçamento de energia solar é impossível deixar de comparar as duas formas de realizar o mesmo. Por isso, o método antigo para atender bem um cliente na questão do orçamento é apenas isso: uma metodologia ineficiente e ultrapassada.


Principalmente porque em um sistema de preço elevado, qualquer erro pode significar alguns milhares de reais em prejuízo. Ou, ainda, um desperdício grande de tempo, tanto do profissional quanto do próprio cliente. Na verdade, um erro de orçamento quase sempre se traduz na perda do cliente.


Nesse sentido, em um ambiente de alta disputa, apesar de estar em livre crescimento, como o da energia solar, a atualização dos procedimentos é uma questão primordial. A influência da tecnologia é tão grande, que um cliente não se sente seguro ao perceber que o seu fornecedor não usa tecnologia de ponta.




Orçamento energia solar: como era no passado


O início de qualquer atividade produtiva tem as suas dificuldades para os pioneiros no negócio. Assim, os primeiros instaladores de sistemas de energia solar (hoje chamados de integrador solar), cometiam muitos erros e precisavam corrigir com frequência o orçamento de energia solar.


A quantidade de variáveis é grande na elaboração de orçamento dessa categoria, que considera até a incidência da luz do sol na região onde se pretende instalar a central elétrica. Desse modo, em um lugar com maior exposição aos raios solares, o custo total pode ser menor.


O sistema ainda não tinha a mesma quantidade de opções de carga, tamanho e materiais que o painel fotovoltaico apresenta atualmente. Os inversores, por sua vez, eram para gerenciar uma grande quantidade de módulos, que interferiam uns com os outros para calcular a energia a ser produzida.


Nem adianta aqui falarmos em valores, mas somente nos itens essenciais de um orçamento de energia solar, já que é um fato comum dois sistemas de igual potência terem um valor diferente quando instalados em locais distintos.


As condições do telhado ou terreno influem no aspecto mão de obra. Assim, às vezes, ajustes nesses locais acabam levando mais tempo e, por conseguinte, consumindo mais horas trabalhadas. Ademais, o valor da hora trabalhada também sofre variação conforme a região do país.


Além disso, havia a necessidade de estabelecer contato com diversos fornecedores, um de cada vez, para realizar a cotação dos equipamentos. Um profissional responsável também era obrigatório para o registro do projeto, não apenas no CREA, mas junto às concessionárias de energia.


O fator tempo


Em outras palavras, o conjunto de atividades necessárias à elaboração de um orçamento de energia solar como era feito antes não tem mais uso no sistema atual. Ainda que seja possível realizar essa tarefa sem cometer erros, o tempo gasto gera uma perda que precisa ser incorporada ao orçamento. Afinal, o tempo é um bem de alto valor na sociedade moderna.


Para agilizar esses procedimentos, a própria evolução do sistema causou as modificações necessárias. Desse modo, junto com os novos fabricantes de componentes, foram surgindo as empresas de tecnologia para a elaboração de propostas.


Esse sistema automatizado para elaborar um orçamento de energia solar se compara ao que ocorreu no sistema financeiro brasileiro. Aliás, até o tempo é igual em cerca de dez anos. Assim, há dez anos, quando começou a instalação de centrais solares, as fintechs iniciavam o movimento que obrigou os bancos a mudarem todo o seu sistema de atendimento ao cliente.


Enquanto empresas como a SolarMarket, por exemplo, mudavam definitivamente a forma de elaborar uma proposta orçamentária de energia solar, as fintechs vendiam comodidade e qualidade de vida aos clientes do sistema bancário.


Faça tudo com um clique, faça sem sair de casa, eram as palavras de ordem. Aos bancos não restou escolha a não ser a adaptação e a imitação. Pois bem, o mesmo está acontecendo com o moderno integrador solar. Não há como escapar da onda inovadora da tecnologia, não importa se os custos aumentem ou não.


Afinal, os custos não bastam para impedir a evolução da tecnologia, principalmente quando se fala de um produto de primeira necessidade como a energia elétrica.


Orçamento energia solar: tempo presente


Imagine um sistema que contenha em seu banco de dados as informações técnicas relativas aos modelos de painéis fotovoltaicos, assim como de inversores e microinversores que existem no mercado. De todos eles. Acrescente informações e contato direto com os mais importantes fabricantes de componentes para energia solar.

Além disso, esse banco de dados pode oferecer a quantidade de raios solares que atuam em uma determinada área durante o ano, informações das concessionárias de energia, condições de financiamento conforme o prazo e a disponibilidade financeira de seu cliente. Tudo em tempo real, sem esperar que o tempo esteja bom ou não. Até para o cliente assinar existe a comodidade, ou seja, é sem sair de casa.


Outro ponto de fundamental importância em um orçamento de energia solar é o preço dos componentes. No caso da SolarMarket, são mais de 1800 integradores, como se formassem uma grande cooperativa para conseguir o melhor preço. Esse desconto que eles conseguem na compra reflete diretamente no custo final do projeto.


Considerações finais sobre um orçamento para energia fotovoltaica


Após dez anos de funcionamento da primeira central elétrica no país, muita coisa já se modificou. Apesar de haver muita lentidão em trazer as inovações tecnológicas, uma vez que o processo se inicia tudo fica mais fácil. Por isso, o progresso do comércio na área de energia solar irá se intensificar, conforme previsão da ABSOLAR.


Portanto, a hora de centenas de cálculos, acompanhamento em diversas planilhas, cotação de componentes por e-mail ou telefone já passou. Hoje, um orçamento de energia solar se faz com inteligência artificial. A proposta sai completa em cerca de dois minutos, com todos os custos, dados do financiamento como o valor e o total de parcelas, até o valor da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART).


Tudo o que as pessoas procuram em nossos dias é comodidade, ganhar tempo, e isso, naturalmente, tem o seu preço embutido. Então, não adianta adiar a adesão a uma plataforma de automação como a SolarMarket com receio da elevação de custo em um orçamento de energia solar.


Tudo evolui, se aperfeiçoa, e quem não acompanha perde espaço e fica fora da competição. O sistema de automação tem outras vantagens como uma assessoria completa na gestão, não apenas nas vendas, mas em todos os processos de sua empresa.

Por falar em vendas, já que está em nosso blog, você precisa ler o artigo: Spin Selling resumo: seu time de vendas vai amar. Uma técnica que ensina como qualificar e escolher os clientes com maior potencial de fechar negócio.


20 visualizações0 comentário
bottom of page