top of page
Buscar
  • Foto do escritorFabiana Salgado

Integrador Solar: como calcular o custo da energia solar?

Atualizado: 13 de jul. de 2023

Integrador solar: como calcular o custo da energia solar?

Se você quer investir no mercado fotovoltaico ou já iniciou o seu negócio, confira neste artigo algumas dicas sobre como calcular o custo da energia solar!


E, saiba que você está num caminho promissor! Quem investe neste mercado só tem a ganhar, contribuindo com o meio ambiente! Pois, o mercado de energia solar vem crescendo muito nos últimos anos, sendo uma das fontes de energia mais econômicas, limpas e renováveis.


Ao investir em um sistema fotovoltaico, você vai contribuir para a redução das emissões de carbono no meio ambiente, além de ajudar as pessoas a economizar dinheiro com a conta de luz.



Como calcular o custo da energia solar?


Como calcular o custo da energia solar? Bem, é necessário conhecer os valores dos equipamentos, da mão de obra e quaisquer outros custos associados que você vai descobrir ao longo deste artigo.


Um dos primeiros passos é determinar quanto de energia o seu sistema fotovoltaico irá produzir em um projeto. Isso pode ser feito manualmente ou através da utilização de uma calculadora solar. Você pode usar a da SolarMarket neste link: https://business.solarmarket.com.br/simulador-solar/829aea45-0a53-422c-9f48-36a9d73bd613


Quando souber a quantidade de energia que o seu sistema irá produzir, terá de calcular o custo da instalação. Isto inclui o custo dos painéis solares, inversores, entre outros equipamentos. Por fim, terá também de calcular o custo da mão de obra.


A seguir, veja estes passos detalhados. E, ao final do artigo, você saberá como calcular facilmente o custo de um sistema de energia solar.


Saber a potência e a faixa de consumo mensal de energia


Um dos fatores para saber como calcular o custo da energia solar é descobrir o custo da sua instalação. Para isso, é preciso calcular a potência e a faixa de consumo mensal.


A potência é a medida da energia máxima que o seu sistema pode gerar, enquanto a faixa de consumo mensal é a quantidade de energia estimada que o seu cliente irá utilizar num mês. O conhecimento destes dois valores vai ajudá-lo a calcular o custo da sua instalação de energia solar.


Como calcular a potência e a faixa de consumo mensal de energia?


Agora, você deve estar se perguntando "como calcular a potência e a faixa de consumo da energia solar?" Essa pode parecer uma tarefa difícil, mas, pode ficar tranquilo, pois estamos aqui para ajudar!


Para obter essa resposta, é preciso conhecer o consumo mensal de energia da residência. Em seguida, basta calcular a potência do sistema de acordo com a faixa de consumo e o tipo de instalação que o cliente deseja.


Veja o passo a passo para calcular:


1) Conte o número de aparelhos elétricos na residência;


2) Faça um cálculo aproximado dos Watt-hora (Wh) gastos por cada aparelho;


3) Multiplique o número de Watt-hora pelo número de horas que o aparelho é utilizado por dia;


4) Agora é só totalizar o valor calculado nos itens anteriores.


Saber os custos dos equipamentos de energia solar


Para saber como calcular o custo da energia solar, na próxima etapa é preciso pesquisar os custos dos equipamentos necessários para fazer a instalação do sistema fotovoltaico.


Na sua lista pode incluir equipamentos como disjuntor, chave seccionadora, estrutura de fixação; módulo fotovoltaico, inversor, cabos, conectores e afins. Pesquise pelo melhor preço, mas sempre considerando produtos de boa qualidade.


Depois, é preciso determinar a área que será ocupada pelos painéis solares. Em seguida, é preciso saber qual é o consumo estimado de energia da residência ou empresa. Por fim, multiplique a área pelo consumo e você terá o custo da instalação do projeto.


É importante lembrar que o custo da energia solar pode variar dependendo do tamanho do seu sistema e do tipo de equipamento que escolher. Portanto, não se esqueça de consultar um profissional antes de tomar qualquer decisão.



Mão de obra para instalar energia solar


Os próximos passos para aprender como calcular o custo da energia solar, além do investimento inicial, você precisa considerar os gastos com mão de obra.


O sucesso de toda empresa é o resultado de um time de colaboradores capacitados e bem treinados. Entretanto, você precisa montar uma equipe que tenha paixão pelo que faz também. Então, considere os dois fatores ao contratar: competência e paixão!


Além disso, procure por profissionais que estão preocupados com o bem-estar do meio ambiente, ou que se interessam por assuntos de sustentabilidade. Com isso em mente, você pode empregar pessoas ou terceirizar parte do trabalho necessário para realizar uma instalação de energia solar.


Afinal, qual é a mão de obra necessária? Bom, para quem está começando no mercado, a equipe de instalação pode ser composta de 1 eletricista e 2 auxiliares de eletricista, que se capacitados, podem instalar um sistema fotovoltaico com até 5 kWp de energia solar em moradias.


Como saber os custos da mão de obra?


Agora que você já sabe quais funcionários serão necessários para a instalação de um projeto fotovoltaico, é preciso calcular o custo deles. Essa é uma tarefa importante para qualquer empresa, sendo o passo essencial para saber como calcular o custo da energia solar.


Ao fazer este cálculo, existem muitos fatores que devem ser considerados, incluindo salários, benefícios, impostos e entre outras despesas relacionadas ao trabalhador. Felizmente, existem algumas maneiras de simplificar este cálculo.


Uma das primeiras coisas que você precisa fazer é determinar o número total de horas que seus funcionários trabalham por semana. Isso pode ser feito dividindo o número total de horas trabalhadas pelo número total de funcionários da sua empresa. Em seguida, multiplique este resultado pelo valor do salário por hora dos seus funcionários.


Esse processo pode ser repetido para todos os demais fatores relevantes como o pagamento de contribuições do mês. No entanto, é aconselhável buscar a ajuda de um contador, para que você saiba com exatidão os custos relacionados aos seus colaboradores.


Conclusão


Em suma, a energia solar tem se mostrado cada dia mais como uma excelente opção de investimento, tanto para pessoas físicas quanto para empresas. No entanto, antes de escolher o sistema solar ideal é importante que você faça as contas e confira qual será o custo total.


Dessa forma, além de evitar surpresas desagradáveis no orçamento, você terá certeza absoluta sobre os números envolvidos na operação do sistema fotovoltaico. Neste artigo você conferiu várias dicas sobre como calcular o custo da energia solar. Esperamos que tenha lhe ajudado e continue acompanhando nossas dicas para integradores solares!


16 visualizações0 comentário
bottom of page